sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Contato com RI

Salve salve guerreiros!

Essa semana enviei um e-mail para o RI de uma empresa demostrando minha preocupação com o atual cenário interno e externo. Esta é a melhor empresa que tenho na minha carteira atualmente, a qual está me rendendo em 4 meses nada mais nada menos que 20% nesse tempo de queda total. Daí a importância da diversificação.
De antemão, pelo fato de eu ser egoista e principalmente pelo Pobreta não ter me incluído no ranking do milhão, adianto que não irei divulgar a minha carteira. Como eu já disse anteriormente: tenho mais a aprender do que ensinar e por isso ainda não falarei quais os ativos que compõem minha carteira. Afinal, não sou um especialista e tampouco sou pago para isso.

Segue abaixo cópia da resposta do RI da empresa.
----
Boa tarde, “Beltrano”!

Efetivamente 2015 será um ano extremamente desafiador não só para a “XXXX”, mas para a maior parte das empresas brasileiras dado o cenário econômico que se vislumbra. A “XXXX”, seguindo a estratégia de 2014, buscará usar sua flexibilidade de produtos e mercados para extrair o melhor retorno em diferentes cenários de mercado. Acrescento a isso o aumento de volume de vendas esperado para esse ano dado os recentes aumentos de capacidade colocados em prática pela Companhia.  

Mais especificamente, esperamos colocar mais papeis no mercado externo caso o cenário interno mais fraco efetivamente se concretize, obtendo margens melhores nestes mercados se comparadas aos últimos anos pela recente desvalorização do real. Conforme citado previamente, essa estratégia estará ancorada em um maior volume de papeis disponível pelos aumentos de capacidade de produção da empresa.  

Qualquer outra dúvida nos avise.

Bom 2015!

Atenciosamente,
“Fulano”
----

A respota foi além das minhas expectativas, razão pela qual fiquei muito "balançado" em vender os ativos das empresas que estão me dando prejú e praticar all in com aquela que está me dando lucro. Ainda assim, estou me segurando para não vender absolutamente nenhum ativo até setembro deste ano, pelo menos. Deixarei o all in para outra oportunidade e para uma situação de curto prazo mais positiva. É muito arriscado.

Por ora é só, guerreiros.
Abraço a todos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário