segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Fechamento - Agosto/2015


Carteira: R$ 39.000,00
Aporte/retirada: + R$ 2.509,28
Rentabilidade/mês: - 5,79%
Rentabilidade/ano: - 4,36%
Rentabilidade/histórico: + 0,50%
Estimativa do value do ativo imobiliário (não computado) no patrimônio: R$ 180.000,00.





Distribuição:
RF: R$ 11.334,50 (29,06%)
RV: R$ 27.665,50 (70,94%)


 *  Incrível como a merda da renda variável não me deixa ultrapassar a barreira dos 40k, mantendo meu patrimônio líquido pouco abaixo disso por meses mesmo sem fazer retiradas significativas no período! Para investir em renda variável tem que ter bago! Principalmente em uma distribuição grande ou um all in! Mas não adianta ficar de "mi mi mi". É respirar fundo e tocar pra frente. E se eu achar que não tenho nada a fazer no momento, não farei nada!


Ando, ando e não saio do lugar...

Meus gastos não recorrentes estão menores e tendem a diminuir ainda mais nos próximos 2 meses. É importante eu reduzir meus gastos não recorrentes pelo fato de eu estar em um trabalho novo daqui a 2 meses. E esse trabalho novo poderá me trazer "novos não recorrentes".

Desde o início do ano tenho investido mais de R$ 1.230 mensais (que não contabilizo como aporte) em um investimento imobiliário, então meu aporte segue "na medida do possível" e até melhor do que eu estava planejando. Entretanto, SE eu não tivesse feito o investimento hoje eu teria no líquido R$ 81.896,28 (mais um único ativo imobiliário estimado em 120k).

Mas, porém, contudo, todavia, entranto, a cada dia que passa considero que meu investimento imobiliário foi bem realizado. Até porque da mesma forma que eu poderia ter a grana acima, eu também poderia ter queimado essa grana. Isso me leva a concluir o que já ouvi/li em algum lugar: "Você não faz dinheiro quando vende alguma coisa, mas sim quando a compra."

O investimento correto em imóvel pode ser um caminho seguro para proteger o patrimônio, pois investir em imóvel também é uma forma de diversificação. No meu caso, no momento oportuno irei liquidar o investimento imobilizado e reduzir aos poucos a participação de ativo imobiliário no meu patrimônio. Tenho comigo que é uma estratégia de no mínimo 4 anos.

"O Capital no século XXI" (Thomas Pikkety) constatou que o patrimônio médio na Europa se divide em duas partes de tamanhos comparáveis: bens imobiliários e ativos financeiros e profissionais (depósitos bancários, poupança, ações e titulos, apólices de seguro de vida, fundos de pensão, etc) - exclua bens duráveis: automóveis, móveis, eletrodomésticos, etc.

Para as pessoas que detêm quase 1 milhão de euros, os imóveis representam mais da metade dos patrimônios, e para certas pessoas mais de 75%.

Na faixa entre 2 e 5 milhões de euros, a participação em imóveis é inferior a 1/3; acima dos 20 milhões de euros, os imóveis respondem por menos de 10% do patrimônio, enquanto as ações e participações societárias constituem quase a totalidade do patrimônio. (Reflita sobre a importância de ter na diversificação de seu patrimônio um determino valor alocado em ativo imobiliário, seja através de FII ou não).

É fundamental que se tenha consciência de que o Brasil não é a Europa e por isso temos que fazer o nosso dever de casa, proteger o nosso patrimônio e antecipar qualquer merda que aconteça nesse Brasil medíocre e de brasileiros medíocres (não entendeu porque brasileiro é medíocre, leia esse post do colega  BBB).

É isso galera!

Abraço e sucesso a todos!!





6 comentários:

  1. Que bosta de vida voce tem amigo!

    Se tivesse investindo em RF, teria ao menos 9% de rentabilidade neste ano. Faz burrada e nunca aprende. Mau de bostileiro.

    Profeta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mais um bostileiro cuzão palpiteiro sardinha que gosta de seguir a manada!
      Valeu pelo toque... mas eu quero mesmo é que as ações caiam por mais um ano e fugir da manada, bem longe da sardinhada!!
      Abraço e sucesso

      Excluir
  2. Fala, IM! Não desanime !
    Eu tbm gosto da diversificação em imóveis. Para o curto prazo acho que você deveria aportar mais em renda fixa tbm, o momento está ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu investidor por acaso... mas não curto muito seguir a manada, ainda que seja atraente a rentabilidade alta da renda fixa... estou com minha estratégia para o longo prazo mesmo.
      Acredito ainda que a renda fixa deve até aumentar a rentabilidade depois que o brasil perder seu grau de investimento, pois só assim irá atrair investidores. Aguarde e confie!
      abraço e sucesso!

      Excluir
  3. IM,

    Sempre tive muito interesse em investimentos em imóveis, mas sempre tive muito medo também e com os FII`s na área, nunca me arrisquei. Porém quando tiver mais capital talvez me arrisque em alguma aventura imobiliária.
    No mais, não podemos desanimar!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala PR.
      vc tem que pensar bem sobre a liquidez baixa de um imóvel. Arrisquei e achei que tinha feito merda. Mas agora vi que foi um investimento sólido e seguro. Foi uma oportunidade boa para mim... por muito tempo e ainda que eu aumente bem meu patrimônio líquido eu pretendendo ter pelo menos 1/3 em bens imobiliários... e só entao, mais para frente e com um patrimônio bem mais alto, definir outra coisa com relação a imóveis...
      abraço e sucesso sempre!!

      Excluir